Time Coletaneas TrocaPalavras
1 2 3 4

SUMÁRIO


A HISTÓRIA DA ACADEMIA NO SEU 13º ANIVERSÁRIO - 2017

Ouça a HISTÓRIA DA APLetras neste podcast de 2017, por ocasião do seu 13º aniversário: Ou leia aqui:

A história da Academia Peruibense de Letras, como instituição formal, inicia-se em 2004, mas suas raízes históricas estendem-se à década anterior quando, em 1995, um grupo de entusiastas das artes em geral decidiu transformar sonho em realidade e fundou a Oficina Cultural Tom Jobim, a associação cultural que, em Peruíbe e região, durante vários anos, promoveu e organizou exposições de artes plásticas individuais e coletivas, encontros de corais, noites de autógrafos, recitais, concertos, peças teatrais, concursos de trovas e saraus.

Em meio a essa efervescência cultural, intensificaram-se os contatos entre os escritores. E essa descoberta mútua, bem como a de uma vasta produção literária, repleta de obras dignas de serem publicadas, mas forçadas ao anonimato das gavetas, foi o catalizador que impulsionou aquele movimento de um sonho promissor ao mundo das possibilidades concretas: a fundação de uma academia de letras em Peruíbe, à semelhança do que já ocorria em outras cidades da região.

Se havia o sonho, se o sonhadores se encontraram graças aos caminhos abertos pela Oficina Cultural Tom Jobim, então só podia acontecer a magia daquele momento criativo. Talvez ninguém saiba o instante exato, mas sabe-se que havia cerveja na mesa de um bar, estimulando as asas do entusiasmo daqueles pioneiros reunidos na amizade e na literatura. Ali, entre o riso espontâneo da esperança e o tilintar das taças e copos, materializavam-se as primeiras moléculas de um sonho até então apenas acalentado.

Nos meses seguintes, os jornais publicaram um anúncio convidando para um encontro os escritores da cidade e da região. Era a proposta de fundação da instituição que os receberia e pela qual teriam, finalmente, representatividade e mais oportunidades de contribuírem literariamente para o engrandecimento cultural da sociedade.

E assim nasceu, no dia 21 de novembro de 2004, a Academia Peruibense de Letras, entidade cultural literária sem finalidade econômica, dedicada a cultura da língua portuguesa, ao apreço da literatura brasileira, ao fomento da cultura e ao estímulo das atividades literárias e artísticas.

Academia, por sua própria natureza, atenta à cultura regional, mas de mente aberta para o global. Cavalga seu cavalo alado pelo moto contínuo das metamorfoses deste mundo virtualizado atual, mas sem olvidar as tradições e os ancestrais nas suas conquistas pretéritas. Olha atenta e interessada para o futuro, mas ciente está que nele espreita um mundo novo propenso a prescindir demais do mundo antigo. Não obstante, ele precisará crescentemente dos sonhadores de sempre, homens e mulheres capazes de inventar sonhos literários.

Não importa que hoje seja a tinta feita de bytes abstratos e o papel feito de páginas virtuais na internet, nossa academia se reinventará para seguir cumprindo seu papel social também nos espaços desse “Admirável mundo novo”.

Não obstante as incompreensões ocasionais, mas certamente graças aos muitos amigos que nos apoiam, persistiremos seguindo a trilha aberta pelos fundadores e pelos mestres da literatura brasileira e da universal.

É assim que a Academia Peruibense de Letras, em pequenas mas determinadas passadas, completa 13 anos de vida. Ela avança firme com um pé naquele passado, a cabeça no momento presente enquanto o outro pé sonda o porvir, movido pela cautela, mas também pela predisposição da mente aberta às maravilhas que o futuro anuncia ao mundo.

SOBRE O CATÁLOGO DE OBRAS DOS ACADÊMICOS (2014)

Como parte das comemorações do 10° Aniversário da APLetras, foi lançado o Catálogo de Obras dos Acadêmicos da APLetras de 2014.
A proposta deste catálogo é divulgar, no âmbito municipal e regional, tanto para as instituições públicas e privadas que atuam, apoiam ou se vinculam a cultura quanto ao público em geral, a produção literária dos acadêmicos, aumentando, dessa forma, a própria percepção pública da Academia, contribuindo também para motivar novos talentos para a arte e a técnica da escrita. Uma pequena edição impressa foi produzida, mas você pode fazer o download da versão eletrônica. É só clicar ao lado na figura da capa do catálogo .
SOBRE RESPONSABILIDADES E DIREITOS

As opiniões e juizos de valor emitidos nos textos de autoria dos acadêmicos colaboradores deste blog são de inteira responsabilidades dos mesmos e, portanto, não representam, necessariamente, opiniões ou juizos de valor da Academia Peruibense de Letras.

Todos os acadêmicos da APLetras que postam conteúdo com textos, imagens ou videos estão cientes das leis de direito autoral, portanto o pressuposto é que tais conteúdos sejam de autoria própria ou que estejam autorizados no caso de utilização de conteúdos de terceiros, caso em que deverão citar as fontes conforme estabelecido entre as partes, não cabendo a Academia responsabilidades por quaisquer perdas, danos ou conflitos de direitos que possam surgir entre elas. Caso isto ocorra, o cidadão que sentir-se prejudicado pode solicitar a remoção do vídeo, imagem ou texto que alegar de sua propriedade, enviando mensagem para DIRCULT

Fica autorizada a reprodução para fins não comerciais de trechos ou partes do conteúdo deste blog, desde que citado com o devido destaque o autor e com link para a página correspondente neste blog. Reitera-se que a reprodução de algumas imagens ou vídeos podem depender de autorização de terceiros.
COMO ENTRAR PARA A ACADEMIA

Segundo o Parágrafo 1º do Art. 9º do Estatuto Social da Academia Peruíbense de letras, são os seguintes os requisitos para a incrição de candidato a ocupar uma cadeira na Academia:

I) Ser brasileiro nato ou naturalizado;

II) Ser domiciliado no município de Peruíbe, há mais de cinco anos;

III) Possuir mais de 30 anos de idade;

IV) Ser autor de obra literária ou científica de reconhecido mérito.

Parágrafo 2º) Em se tratando de individualidade de reconhecido valor cultural, poderá, a juízo da Academia, ser dispensada a exigência no inciso III do parágrafo anterior (IDADE SUPERIOR A 30 ANOS).

Se você é escritor, preenche os requisitos acima e tem interesse em ser membro da Academia Peruibense de Letras envie cópias de suas obras principais junto com uma breve autobiografia para:

ACADEMIA PERUIBENSE DE LETRAS
Caixa Postal 141
CEP 11.750-000 PERUÍBE - SP

No início do segundo semestre de cada ano, a Academia avalia o mérito literário dos postulantes e os que forem selecionados tomarão posse em solenidade em data oportunamente divulgada.

2 comentários:

  1. Era bom deletar do texto "comemora seu 9° aniversário".

    ResponderExcluir
  2. No Estatuto está assim mesmo, mas tenho a impressão de que tiramos a possibilidade de apresentar "obra científica".

    ResponderExcluir